Crise dos 20.

E então junho começou.. uêit, uót?!?

e essa foi minha reação:


Porque? Ora porque!!! Por que já estamos bem dizer no meio do ano & também porque é o mês do meu aniversário haha e… eu vou completar meus 20 anos (finja que nao leu isso ) =O

Prosseguindo, estou aqui para abordar sobre a crise dos 20 anos (psicológica, espiritual, corporal, esquizofrênica, dialética, concreta skaposkpaosk brinks)

Até me surpreendeu o fato de saber que eu não sou a única a passar por isso, eu lá sabia que quando você chegava nos 20 você ia passar por uma crise, ninguém nunca me disse isso. Todos os medos, as angustias e duvidas sobre o futuro >.< Quando você tem quinze anos nem imagina que o tempo passa super rápido e aí num piscar de olhas – PÁH – você tem vinte anos e aí eu penso que no mesmo piscar de olhos e com essa vida corrida que tende a ficar mais ocupada ainda – infelizmente – você chega nos 30,40,50 e quando você percebe a vida já passou o_o e o tempo que você pensava que seria imenso se torna um tempinho insignificante, pouco tempo pra viver, pra viajar ao redor do mundo, pra amar, pra fazer algo pelo mundo, pra mudar a vida de alguém – inclusive a sua. E aí você se deixou levar pelo que a sociedade exigia e então você não fez o que realmente queria, não pôs seu dom em ação, não fez – o bastante- aquilo que realmente te faria feliz.

Ahhh eu espero muito que minha vida não seja assim! E espero muito mesmo não me deixar levar, eu espero mesmo é toda felicidade que o mundo tem a me oferecer & é, eu desejo o mesmo a todos meus amigos que fazem 20 aninhos esse ano.

Vinte aninhos na minha opinião é um tempo em que você não é maduro o suficiente mas também não é mais tão joven. Acho que é tipo a pré-adolescência só que no caso seria a pré-adultescencia (uót? o.o) – o que diabos eu escrevi aqui?!!?

Tô com essa crise an cabeça há algum tempo já, as vezes eu esquecia, e as vezes fatos me lembravam e retomavam a bendita crise. Tipo, eu tava fazendo um trabalho de pesquisa e blablabla e aí a gente tinha que ir nas casas pra que as pessoas pudessem responder aos questionários, aí eu bato na porta, uma criança atende, eu pergunto se a mãe dela tá em casa e ela grita ” Mããããe, tem uma mulher aqui querendo falar com a senhora!’‘ e aquela vozinha ficou ecoando na minha cabeça ” tem uma mulher querendo falar com a senhora” ”uma mulher querendo falar com a senhora” ‘‘um mulher querendo” ”uma mulher” ”mulher”… Caaaaaaaaaaaaaaaara, não que eu queira ser chamada de ”menina do buchão” mas isso aí foi um tapa na minha cara, tipo, acorda menina!

Tcharãããã! 

Diz que eu tinha uns 15 anos – que linda =’D

Entre meus 16 e 17 anos o/

Entre 18 e 19 com carinha de 15 haha

 

Cabô o post.

Anúncios

Um comentário sobre “Crise dos 20.

  1. “Eu não queria ser chamada de menina do buchão” kkkkkkkkkkk Nívea, eu adorei seu texto, pois estou na crise dos 30, tenho 27 anos, estou quase lá. Mas te digo, os 20 anos são maravilhosos, pois estamos mais maduros e começamos a ter oportunidades de viver o que sempre sonhamos. Aproveite muito, viaje, ame, conheça o mundo, estude, faça tudo que puder fazer por vc. Vc é muito inteligente, estou adorando o blog, beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s