Barra Grande – PI

Embora more no Piauí e visite o litoral pelo menos uma vez por ano só tive a oportunidade de conhecer Barra Grande agora no começo de junho. Foi mais uma daquelas viagens que te pega de surpresa (foi decidido umas três semanas antes) e te surpreende!  Eu e uma amiga nos jogamos e adorei o fato de termos ido em baixa temporada. As vezes a piscina do hotel e o mar eram praticamente só nossos.

Karol que ficou responsável pela escolha dos locais para onde iriamos (outro post)  e pela reserva do hotel. Ficamos na Torre de Chocolate ( vocês tem que conhecer lá, serio!). Todo hotel com decoração rustica, muita coisa em madeira, tudo muito lindo <3 Pra lazer no hotel tinha mesa de ping pong, varias redes pra relaxar, video games, uma piscina maravilhosa e uma mini biblioteca! O maximo que curtimos foi a piscina :’p o resto do tempo estávamos pela praia ou pelo “passeio” (local onde fica a badalação toda!).

Antes iríamos para Jeri mas acham mais seguro ficar pelo Piauí mesmo. Não nos arrependemos!

É sem duvida minha praia favorita agora e quero levar todos que amo pra lá! Onde mais você faria amizade com facilidade? Onde mais todos conhecem todos os cachorrinhos da cidade pelo nome e brincam com eles? Onde mais seria seguro voltar só e a pés em plena 4am? Onde mais você pode ir curtir o mar tranquilamente e deixar seus pertences na mesa?

Abaixo estão mais alguns motivos pra você se apaixonar por lá também!

IMG-20170609-WA0069IMG-20170609-WA0063uri_mr1497204599980_mh1497204651555.jpgIMG-20170609-WA0065IMG-20170604-WA0144IMG-20170606-WA0008IMG-20170609-WA0057IMG-20170609-WA0070IMG-20170609-WA0061

Sobre me tornar Vegetariana

Ultimamente tenho sentido repulsa a carne, algo que vem de dentro mesmo. Sempre tive a vontade de tornar-me vegetariana. Mais do que uma questão ambiental sinto tratar-se de uma questão espiritual. A carne em si nunca me fez tanta falta se eu tivesse outras coisas pra comer. Venho pesquisando formas de substituir o leite, ovos e etc e sou capaz de passar horas e horas vendo videos de “What I ate today” e também daquelas comidas de rua da Tailandia, não é normal gente, sério  kkkkkkkkkkkkkk

Se eu disser que deixei de comer carne, tomar leite ( e derivados) e comer ovos completamente eu to mentindo! To desapegando aos poucos e além do mais meu bolso ainda não me permite ser 100% vegetariana, uma vez que essa dieta tende a ser um pouco mais cara e tem que ir no nutricionista também!

  1. A primeira parte trata mais sobre animais e questões espirituais, a partir de 28:20 começa a parte mais direta e crítica sobre o consumo de carne, ovos, leites e derivados.

     2. A espiritualidade e o consumo de carne

 

Outros documentários sobre a indústria de ‘alimentos’ e etc: Cospiracy  (Netflix) * Comida S/A * Food Matters (Netflix) * Hungry for Change

Diário de Viagem #1

Viajei esse final de semana que passou com meu irmão e mais três pessoas. Apesar de ser somente um final de semana e de ter sido corrido posso garantir que foi uma viagem bem divertida!

Devo dizer que perdi todas as fotos que tirei entre Tianguá e Viçosa que estavam no meu telefone maaaas é possível ver algumas que postei no instagram (@nivea_msc) e minha prima Beth me doou algumas haha

Percorremos 700 km e fomos da serra até o mar. Pra que melhor, né? A parte ruim da viagem foi a dificuldade de carregar a bateria do telefone e o acesso a internet, por vezes inexistente.

Screenshot_2015-07-30-20-00-43_1

Saímos de casa sexta de tardezinha, umas 5:30 e chegamos em Tianguá umas 8:30. Jantamos na Churrascaria Barriga Cheia. Fica na BR e é fácil de encontrar. O espaço é aconchegante, fomos bem atendidos e o menu é variado, contendo também frutos do mar e massas. Devo acrescentar que os pratos foram servidos sem demora. Pedimos um churrasco misto (que vinha numa chapa), quatro poções de arroz e acompanhava ainda salada de batata e farofinha 😋. Para beber optamos por um refri. Tudo saiu por 60,00 e saímos, como o nome do restaurante sugere, de barriga cheia!

Uma coisa que me chamou atenção é que as poções de arroz são servidas em mini panelinhas de ferro. Achei muito legal!

Em Tianguá dormimos no sítio de uma tia (na verdade é da família do marido dela). Adoro ir por lá!

Lá amanhece assim. Depois das 8:00, por aí, é que o sol foi aparecer.

Lá amanhece assim. Depois das 8:00, por aí, é que o sol foi aparecer.

Compramos nosso café da manhã no Frangolandia. Um supermercado que fica a beira da BR também.

Por volta das 9:30 fomos ao Sítio do Bosco, parada obrigatória pra quem vai pela serra! Você paga 5 reais para adentrar o local. Antes de entrar há um pequeno estacionamento e o restaurante. Neste restaurante são servidos lanches (chocolate quente, misto quente, e etc), você pode pedir uma deliciosa galinha caipira ao molho e há também o selfservice. Optamos pelo selfservice. O prato acompanhado de um refrigerante em lata ou suco sai por 15,00 dinheiros e pode repetir. No dia que almocamos havia 3 tipos de salada, batata doce cozida, arroz, creme de galinha, feijoada, almôndegas, frango assado, linguiça assada e eu só lembro disso haushuahau

IMG-20150731-WA0020IMG-20150731-WA0021IMG-20150731-WA0022

Curtimos um pouco a sombra e a grama. As outra pessoas que viajaram conosco fizeram as trilhas existentes dentro do sítio. Como eu já as fiz outras vezes achei melhor guardar minha energia pra depois (mentira, era preguiça mesmo!) 🙈

Além das trilhas há no sítio uma pequena piscina e é possível praticar outros esportes como tiroleza e voar de parapente.

Screenshot_2015-07-31-14-19-57_1

Screenshot_2015-07-31-14-19-42_1

Balancinho tenso que dá num abismo hahaha tem um video no meu instagram @nivea_msc

Por volta das 14:00 seguimos para Viçosa. Me atrevi a ser motorista rá! A estrada estava em reforma, não lembro qual CE pegamos. Apesar de todos os desafios de asfalto remendado, partes do caminho em piçarra e outros motoristas maluquinhos o desafio mesmo foi subir até a Igreja do Céu. Um lugar muito bem conservado e lindo! Lá em cima há lojinhas de lembrancinhas e um restaurante.

Screenshot_2015-07-31-14-20-04_1

A vista lá de cima é de tirar o fôlego! Pelo que eu entendi dá pra ir pra lá pela ladeira (quase 90°) ou pela escadaria. Ouvi dizer que tem gente que sobe a escadaria local de joelhos (promessas) 😓

De Viçosa descemos a serra rumo a Camocin por uma caminho perigoso. As curvas são muito fechadas e é preciso bastante atenção e habilidade! Como já estava entardecendo fomos presenteados com um show do sol entre as nuvens. Infelizmente perdi as fotos 😢

Pro post não ficar muito longo resolvi postar o resto depois. Tial!  😘